quarta-feira, 12 de julho de 2017

Ventos, Areias e Vida.


(https://pt.wikipedia.org/wiki/Aqu%C3%ADfero_Guarani)

Num passado distante, parte das regiões, central, sudeste e sul do Brasil consistia num deserto pleno. Notadamente, se tratava de um ambiente inóspito, porém, graças a esse ambiente, hoje temos o Aquífero Guarani. Ah, tudo bem, você quer saber o porquê desse meu comentário? Pois bem, eu explico: "porque as areias se mudam com o vento e por conta disso, o deserto cede o espaço à vida".

Um comentário:

José Domingos disse...

Esse imenso deserto que cobria grande parte do Brasil e atingia o Paraguai, a Argentina e o Uruguai, com o decorrer de milênios foi sendo coberto por outras camadas geológicas, chegando aos dias de hoje.
As águas da precipitação das chuvas foram infiltrando-se no solo e atingindo as camadas de arenito que constituiam o deserto encoberto pelas novas estruturas geológicas, daí formando o imenso aquífero Guarani, um dos maiores do mundo.
Esse aquífero é de grande interesse estratégico e está sendo cobiçado por grandes grandes corporações internacionais, dentre elas a Nestle
e a Coca-cola.